Ferramentas do usuário

Ferramentas do site


colecoes:herbario

Herbário do Jardim Botânico do Rio de Janeiro (RB)

O Herbário RB foi fundado em 1890 pelo então diretor do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, João Barbosa Rodrigues. Sua coleção abrange fungos e plantas, no total de aproximadamente 580.000 amostras, incluindo as Coleções Históricas adquiridas no século passado por D.Pedro II, Imperador do Brasil.

O acervo está organizado em grupos taxonômicos entre Algas, Fungos, Líquens, Briófitas, Pteridófitas, Gimnospermas e Angiospermas.

Em 2007 foi desenvolvido, por uma equipe de analistas e programadores da instituição, o Sistema JABOT, resultado direto do projeto institucional “Informatização do Acervo do Herbário do Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro”. Atualmente, os dados primários deste acervo já estão digitalizados e disponíveis no JABOT.

Em 2014 os dados do Herbário RB foram estruturados segundo o padrão de metadados sobre biodiversidade Darwin Core. Desde então estes dados reestruturados, bem como seus metadados, foram publicados via Integrated Publishing Toolkit (IPT) e registrados no portal do Global Biodiversity Information Facility (GBIF) (página do JBRJ no GBIF), bem como no portal do Sistema de Informação Sobre a Biodiversidade Brasileira (SiBBr).

Responsáveis pelas coleções

Curadora: Dra. Rafaela Campostrini Forzza (CV lattes)

Curador substituto: Dr. Marcus Alberto Nadruz Coelho (CV lattes)

Curadora assistente (Algas): Mra. Clarice Martins Ribeiro (CV lattes)

Curadora assistente (Briófitas): Dra. Denise Pinheiro da Costa (CV lattes)

Curador assistente (Fungos e Líquens): Dr. Aníbal Alves de Carvalho Júnior (CV lattes)

Curadora assistente (Pteridófitas): Dra. Claudine Massi Mynssen (CV lattes)

Acesso aos dados do Herbário

Os dados do Herbário RB podem ser acessados de diversas formas:

  • Utilizando o Sistema JABOT2 - que permite consultas avançadas, espaciais e acesso à imagem das exsicatas;
  • Utilizando o Herbário Virtual - que reúne dados de ocorrências, incluindo imagens de exsicatas, do Herbário RB com outros herbários nacionais, além de ocorrências em território brasileiro depositadas em diversos herbários internacionais.
  • Utilizando o agregador GBIF, que agrega informações sobre a biodiversidade global, permitindo consultas avançadas, espaciais, reunindo informações de diversas coleções ao redor do mundo.
  • Utilizando o agregador do SiBBr, que agrega informações sobre a biodiversidade brasileira, permitindo também consultas espaciais avançadas.

Licença de uso dos dados do Herbário

Os dados referentes à coleções do Herbário RB estão disponíveis sobre a licença Open Data Commons Attribution License (ODC - By). Seu uso é livre desde que citada sua fonte e atribuídos os créditos ao Instituto de Pesquisas do Jardim Botânico do Rio de Janeiro.

Dados relacionados com a coleção do Herbário RB publicados via IPT

O Sistema JABOT foi idealizado para lidar com um conjunto de dados maior do que apresentado aqui. Entretanto, esta lista de atributos corresponde à uma tabela que consolida dados de várias tabelas do esquema nativo do JABOT, que visa atender a demanda por publicação dos dados no padrão Darwin Core para consumo, via DIGIR/TAPIR/IPT.

Atributo (Darwin Core) Nome do termo (acesso ao dicionário) Disponível no IPT
Ocorrência Darwin Core Registro de origem type Natureza da Amostra sim
basisOfRecord Base do registro  sim
rights Creative Commons  sim
rightsHolder Código da instituição detentora dos direitos autorais sim
bibliographicCitation Citação bibliográfica não
modified Data da última modificação  sim
institutionCode Código da instituição de origem sim
collectionCode Acrônimo do herbário de origem sim
Ocorrência catalogNumber Número de Catálogo sim
otherCatalogNumbers Número de tombo sim
occurrenceID Identificador da Ocorrência sim
occurrenceRemarks Observações gerais não
recordNumber Número do Coletor sim
recordedBy Nome(s) do(s) Coletor(es) sim
otherCatalogNumbers Outros números de catálogo não
Evento de coleta year  Ano da Coleta sim
month  Mês da Coleta sim
day Dia da Coleta sim
fieldNotes Notas de Campo sim
eventRemarks Notas da expedição não
fieldNumber Número da expedição sim
Local de coleta country País sim
countryCode Código do País sim
stateProvince Estado sim
municipality Município sim
locality Localidade sim
minimumElevationInMeters Elevação mínima em metros não
maximumElevationInMeters Elevação máxima em metros não
verbatimLatitude Latitude transcrita não
verbatimLongitude Longitude transcrita não
decimalLatitude Latitude decimal sim1)
decimalLongitude Longitude decimal sim2)
Determinação identifiedBy Autor da Determinação sim
dateIdentified Data da determinação sim
identificationRemarks Observações da determinação não
identificationQualifier Qualificação da determinação não
typeStatus Status do Tipo sim
Taxon scientificName Nome Científico sim
kingdom Reino sim
family Família sim
genus Gênero sim
specificEpithet Epíteto específico sim
infraspecificEpithet Epíteto infraespecífico sim
taxonRank Classificação de taxon não
scientificNameAuthorship Autor da Espécie sim
Histórico de determinação Darwin Core Determinação identifiedBy Autor da Determinação não
dateIdentified Data da determinação não
identificationRemarks Observações da determinação não
identificationQualifier Qualificação da determinação não
typeStatus Status do Tipo não
Taxon scientificName Nome Científico não
kingdom Reino não
family Família não
genus Gênero não
specificEpithet Epíteto específico não
infraspecificEpithet Epíteto infraespecífico não
taxonRank Classificação de taxon não
scientificNameAuthorship Autor da Espécie não

Coleções Representativas

Algas

A coleção de Algas possui cerca de 7 mil espécimes procedentes tanto de ambientes marinhos como lagunas, estuários, manguesais, costões rochosos úmidos e recifes. Dentre as amostras de Algas, chama a atenção os espécimes conservados na forma de livros e editados de meados do século XIX até inicio do século XX. Destaca-se ainda o enriquecimento dessa coleção nas últimas duas décadas, com a realização de expedições em vários locais do litoral brasileiro como Centro de Diversidade Cabo Frio, Baía de Todos os Santos, Baía da Ilha Grande, Parque Nacional Marinho de Abrolhos e Parque Nacional da Bocaina (JBRJ, 2008).

Fungos

Os Fungos estão representados por cerca de 4.400 amostras provenientes de diferentes regiões do Brasil ou de outros países. Atualmente, esta coleção vem sendo enriquecida com amostras coletadas na floresta atlântica do Rio de Janeiro e através de doações de outras instituições (JBRJ, 2008).

Líquens

A coleção de Líquens possui aproximadamente 3.800 espécimes nativos e exóticos, muitos provenientes da coleção particular do naturalista Antoine-Laurent Apollinaire Fée (JBRJ, 2008).

Pteridófitas

O acervo de Pteridófitas possui aproximadamente 20 mil amostras das quais cerca de 3 mil são provenientes da coleção de Fée, coletados no Brasil e em outros países, sendo que mais de 10% destas correspondem a tipos nomenclaturais. O ecossistema melhor representado nessa coleção é a floresta atlântica das Regiões Sul e Sudeste do Brasil, mas também abrigamos espécimes da Amazônia, cerrado, campo rupestre e restinga (JBRJ, 2008).

Gimnospermas

As Gimnospermas são pouco representativas na coleção com apenas 350 espécimes registrados referentes a 10 famílias (JBRJ, 2008).

Angiospermas

As Angiospermas correspondem a maior parte do acervo e estão representadas por cerca de 450 mil amostras distribuídas em 270 famílias. Dentre essas amostras destaca-se a grande representatividade de espécimes oriundos dos ecossistemas da floresta atlântica, além de uma rica coleção proveniente da floresta amazônica (JBRJ, 2008).

1) , 2)
Não oferecido para espécies ameaçadas e de interesse comercial (ver lista)
colecoes/herbario.txt · Última modificação: 2017/01/11 14:47 por edalcin